SBMicro MULHER


Coordenação: Profª Linnyer Beatrys Ruiz Aylon (UEM)
Início: 2016

O principal objetivo do Projeto PuttingAllTogether (PAT) é promover o estímulo à participação de mulheres na área de microeletrônica e afins considerando a atração de novas candidatas aos cursos de graduação e pós-graduação, bem como dirimir a evasão deste público dos cursos de tecnologia. Também tem como objetivo apoiar mulheres no crescimento da carreira.

Esta iniciativa é coordenada pela Profa. Dra. Linnyer B. Ruiz Aylon, que fundou o PAT em agosto de 2016 como Diretora de Programas Especiais da SBMicro.

O PuttingAllTogether (PAT) é uma iniciativa para uma conversa franca e objetiva afim de ouvir e prospectar realidades. Não se trata de um movimento político e de nada que busque interferir na administração institucional. Como mencionado, esta é uma iniciativa sem bandeiras e de certa forma uma busca científica para se mapear realidades e conhecer estatísticas.

A participação no PAT não é exclusivamente feminina e seria interessante contar com o apoio de professores e alunos. O projeto tem viés de empreendedorismo uma vez que as ações visam à atração de recursos humanos, a capacitação, a redução da evasão de cursos e o estímulo à participação no mercado com exercício profissional empreendedor.

Ações do PAT:

1) Realização de eventos para estimular a participação de meninas e mulheres pela área de microeletrônica, em particular prevalecer na profissão com boas oportunidades de crescimento profissional. Esta ação é fortalecida nas semanas de profissões, semanas de tecnologia, olimpíadas de conhecimento, palestras realizadas em diferentes ambientes.

2) Mapeamento das realidades identificando fatores de interesse, promoção e evasão. Esta ação é realizada a partir de painéis e pesquisa em cursos técnicos, graduação e pós-graduação a respeito da rotina das mulheres. Nesta ação contamos com a participação de pesquisadores(as) e professores(as) que são nomeados tutores do projeto em suas instituições e/ou regiões.

3) Estabelecimento de estratégias de acolhimento para produzir um ambiente de igualdade dentro dos cursos e instituições, nos casos em que isto for senso comum. Nesta ação contamos também contamos com a participação de pesquisadores(as) e professores(as) que são nomeados tutores do projeto em suas instituições e/ou regiões. Os tutores poderão acompanhar casos envolvendo alunas, tais como: depressão, preconceito, gravidez, bullying, assédio moral, assédio sexual, situações relacionadas com amamentação, etc. Nesta ação também são definidas dinâmicas para dirimir conflitos de comportamento. Exemplo: a caracterização de assédio x preconceito ao convidar ou não mulheres a serem partes de uma equipe. Se meninos tratam meninas da mesma forma que tratam os amigos elas choram e se não tratam da mesma forma é preconceito. Não são raros os casos em que meninos também citam os casos de meninas que extrapolam os limites e usam da sensualidade pra conseguirem apoio e depois se vitimizam.

4) Criação de prêmio bianual chamado PAT-x para homenagear pessoa da comunidade (homem ou mulher) que se distinguiu na atuação em defesa dos mesmos princípios que norteiam o PAT. O prêmio se destina a associados e não associados, que pertençam ou não à comunidade de microeletrônica. É entregue durante a cerimônia da SBMicro. O premiado recebe um diploma de honra ao mérito emitido pela SBMicro.

5) Divulgação de vídeos com com depoimentos de mulheres que conseguiram prosperar na carreira; Esta página também abriga a divulgação dos resultados do projeto, quais sejam: oportunidades de emprego e cursos, eventos, vídeos, jogos, aplicativos, fanzines, produzidos com o intuito de divulgação das áreas profissionais e, principalmente, empoderamento e estímulo da participação feminina neste campo de trabalho.

6) A oferta de um ciclo de palestras e debates com mulheres empreendedoras convidadas a ser realizado durante diferentes eventos promovidos ou apoiados pela SBMicro e/ou via vídeo conferência.

7) A oferta de oficinas e workshops de qualificação das estudantes em diferentes instrumentos digitais, processos, tecnologias, etc.

8) O acolhimento de iniciativas já existentes atribuindo a estes a chancela de apoio da SBMicro, o que será chamado de PAT-X. Esta atividade inclui atribuir a chancela da SBMicro em iniciativas já existentes em diferentes instituições, bem como o oferecimento de apoio para que o PAT seja distribuído pelas regiões geográficas do Brasil. O Programa contará com a colaboração de multiplicadores desta proposta, que realizarão ações no contexto de projetos relacionados em suas instituições e estabelecerão parcerias, de forma a disseminar o PAT no território nacional. Para que um projeto faça parte do PAT é necessário que a coordenação do projeto envie informações gerais sobre o mesmo (instituição, cidade, estado, objetivos, participantes) para os coordenadores do Programa via e-mail (sbmicro@sbmicro.org.br). Sugere-se fortemente que o projeto tenha o nome "PAT" acompanhado de uma identificação da instituição, cidade ou estado. Por exemplo: PAT-UEM, PAT-USP, etc. Um dos exemplos de projetos com a chancela SBMicro é o Manna Academy realizado pelo MannaTeam (@manna_team)

SOCIEDADE BRASILEIRA DE MICROELETRÔNICA

Av. Prof. Luciano Gualberto, 158 - Trav. 3
Butantã São Paulo, SP
CEP: 05508-900
Brasil
Tel: +55 (11) 3091-5658 / 5270
Fax: +55 (11) 3091-5664
©2021 SBMicro | Todos os Direitos Reservados